8:42

O incrível caranguejo-dos-coqueiros

Conheça o caranguejo-dos-coqueiros, um artrópode capaz de abrir cocos com suas poderosas garras.

Publicidade


O caranguejo-dos-coqueiros (Birgus latro) ou caranguejo-ladrão, como é conhecido em lugares como a Ilha Christmas, na Austrália, é encontrado em áreas desde o oceano Índico até o oeste do oceano Pacífico.

Caranguejo-dos-coqueiros
Eles são enormes, os maiores artrópodes terrestres. Em alguns lugares ele também é chamado de caranguejo-ladrão-de-cocos ou coconut crab (em inglês), pois eles são fortes o suficiente para subir em coqueiros e roubarem cocos. Além disso, ele também consegue fazer buracos nos mesmos, munido de suas poderosas garras, assim podendo degustar o lado interno do coco. Esses caranguejos podem viver de 10 a 30 anos.

Caranguejo-dos-coqueiros
O caranguejo-dos-coqueiros tem uma certa tendência a querer “roubar” objetos brilhantes. Eles costumam roubar coisas brilhantes como relógios, joias, louças deixadas por turistas ou moradores em acampamentos e quintais.

Caranguejo-dos-coqueiros
Esses caranguejos não podem nadar, uma vez que estiverem fora de seu estado larval, caso por acidente venham a cair na água, eles morrem afogados. Eles respiram por meio de um órgão que é algo como um cruzamento entre brânquias e pulmões, chamado de pulmão branchiostegal. Eles têm hábitos noturnos, graças a isso dificilmente eles são pegos roubando durante o dia.

Caranguejo-dos-coqueiros
Quando a maré está alta, eles sobem em árvores para não morrerem, assim conseguem o alimento necessário além de se protegerem.

Os maiores caranguejos-dos-coqueiros já registrados tinham 1 metro de comprimento e chegavam a pesar 17 quilos, o que chega a ser espetacular se tratando de um artrópode terrestre. Já no meio aquático, é possível encontrar exemplares maiores.

Caranguejo-dos-coqueiros
A alimentação dele consiste em frutas como cocos e figos. Porém, ele pode vir a comer várias coisas de origem orgânica, de ovos de tartaruga e outros animais até folhas.

Nas ilhas do oceano Pacífico, são considerados uma iguaria, são muito empregados na culinária local. Existem vários tipos de receitas incluindo esse animal como prato especial.

Esse animal, apesar de não ser venenoso por natureza, pode adquirir toxinas que o tornam venenoso através de sua alimentação. Existem casos em que ele comeu plantas que continham toxinas e se tornou venenoso. Ele não ataca o ser humano, uma vez que o mesmo não o incomode.

Caranguejo-dos-coqueiros
Ele é extremamente dócil, em lugares como Tóquio, no Japão, o mesmo é encontrado à venda como animal de estimação, vem acompanhado com gaiolas fortes o suficiente para aguentar suas poderosas pinças.

Esse animal acasala em terra, após a fecundação, a fêmea desova no mar, colocando milhares de ovos. Desses ovos, eclodem pequenas larvas, após alguns meses, essas larvas se tornam jovens caranguejos.

Quando jovens, esses caranguejos tem a sua “armadura” muito mole, por isso eles se refugiam em conchas de moluscos abandonadas.

Vídeos






URL:


Publicidade


Receba gratuitamente todas as novidades do site por e-mail, assine nosso feed: